Páginas

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

sexta-feira, 26 de agosto de 2011



Só que as coisas têm a hora certa de chegar.

[Caio F. ]




Que te dizer? Que te amo, que te esperarei um dia numa rodoviária, num aeroporto, que te acredito, que consegues mexer dentro-dentro de mim?

[Caio Fernando Abreu]



"Ele não era um menino comum, isso eu soube desde que o vi. Foi quando eu senti, mais uma vez, que amar não tem remédio"

[Caio Fernando Abreu]

terça-feira, 23 de agosto de 2011


"E se fossemos além, só um passo à frente?
Se fossemos mais fundo, somente um pouco a mais do que já fomos?
E se olhássemos além do que vemos, apenas alguns segundos, olhos nos olhos daqueles olhos que desviamos?[...]"

Adriel Gennaro

METADE


"Que a força do medo que tenho
Não me impeça de ver o que anseio;
Que a morte de tudo em que acredito
Não me tape os ouvidos e a boca;
Porque metade de mim é o que eu grito,
Mas a outra metade é silêncio...

Que a música que eu ouço ao longe
Seja linda, ainda que tristeza;
Que a mulher que eu amo seja pra sempre amada
Mesmo que distante;
Porque metade de mim é partida
Mas a outra metade é saudade...

Que as palavras que eu falo
Não sejam ouvidas como prece
E nem repetidas com fervor,
Apenas respeitadas como a única coisa que resta
A um homem inundado de sentimentos;
Porque metade de mim é o que ouço
Mas a outra metade é o que calo...

Que essa minha vontade de ir embora
Se transforme na calma e na paz que eu mereço;
E que essa tensão que me corrói por dentro
Seja um dia recompensada;
Porque metade de mim é o que penso
Mas a outra metade é um vulcão...

Que o medo da solidão se afaste
E que o convívio comigo mesmo
Se torne ao menos suportável;
Que o espelho reflita em meu rosto
Um doce sorriso que me lembro ter dado na infância;
Porque metade de mim é a lembrança do que fui,
A outra metade eu não sei...

Que não seja preciso mais do que uma simples alegria
para me fazer aquietar o espírito
E que o teu silêncio me fale cada vez mais;
Porque metade de mim é abrigo
Mas a outra metade é cansaço...

Que a arte nos aponte uma resposta
Mesmo que ela não saiba
E que ninguém a tente complicar
Porque é preciso simplicidade para faze-la florescer;
Porque metade de mim é platéia
E a outra metade é canção...

E que a minha loucura seja perdoada
Porque metade de mim é amor
E a outra metade... também."

Oswaldo Montenegro

BILHETE



"Se tu me amas, ama-me baixinho
Não o grites de cima dos telhados
Deixa em paz os passarinhos
Deixa em paz a mim!
Se me queres,
enfim,
tem de ser bem devagarinho, Amada,
que a vida é breve, e o amor mais breve ainda..."

Mário Quintana



"Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com freqüência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar."

William Shakespeare


"Não gosto desse passarinho. Não gosto de violão. Não gosto de nada que põe saudades na gente."

João Guimarães Rosa
"Talvez não devesse, não fosse direito ter por causa dele aquele doer, que põe e punge, de dó, desgosto e desngano."

João Guimarães Rosa



"Eu gosto de quem facilita as coisas. De quem aponta caminhos ao invés de propor emboscadas. Eu sou feliz ao lado de pessoas que vivem sem códigos, que estão disponíveis sem exigir que você decifre nada. O que me faz feliz é leve e, mesmo que o tempo leve, continua dentro de mim.
Eu quero andar de mãos dadas com quem sabe que entrelaçar os dedos é mais do que um simples ato que mantém mãos unidas. É uma forma de trocar energia, de dizer: você não se enganou, eu estou aqui. Porque por mais que os obstáculos nos desafiem o que realmente permanece, costuma vir de quem não tem medo de ficar."


Fernanda Gaona

Metade...



"Alguém para nos completar. Essa idéia é implantada em nossa mente desde que nascemos. Vivemos uma espera sem fim por algo que nunca vem. Isso porque aprendemos a nos basear em idéias quase sempre vazias. Deixamos de viver o nosso todo para esperar por um pedaço de alguém. Queremos que o irreal se torne concreto e que a pessoa dos sonhos se materialize em nossa frente. Acho muita responsabilidade exigir que alguém nos complete. Eu sou da teoria que precisamos de alguém que já venha inteiro. Porque a pessoa que vem inteira sabe respeitar espaços, a pessoa que se sente completa aceita que você não é igual, e principalmente, a pessoa que aprendeu a totalidade sozinha sabe que dividir algo com você não implica em nenhuma perda para ela. Acredito que a troca no relacionamento só é completa quando cada um é inteiramente proprietário das suas ações. E que não é a metade da laranja que faz você ser completo, mas as lições que você aprende durante sua incompletude. Essas sim serão imprescindíveis e farão você dividir completamente tudo que existe dentro de você."


Fernanda Gaona

quinta-feira, 18 de agosto de 2011


"Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento."

Clarice Lispector
"Ando no escuro para tocar onde não devo. Amor é tocar onde não se deve. E curar sem entender a doença."

Fabrício Carpinejar


"Eu carrego comigo uma caixa mágica onde eu guardo meus tesouros mais bonitos. Tudo aquilo que eu aprendi com a vida, tudo o que eu ganhei com o tempo e que vento nenhum leva. Guardo as memórias que me trazem riso, as pessoas que tocaram minha alma e que, de alguma forma, me mudaram pra melhor. Guardo também a infância toda tingida de giz. Tinha jeito de arco-íris a minha.

O pouco é muito pra mim. O simples é tudo que cabe nos meus dias.

Eu vivo de muitas saudades. E quem se arrebenta de tanto existir, vive pra esbanjar sorrisos e flashes de eternidade."

Caio Fernando Abreu

Olhe, não fique assim não, vai passar. Eu sei que dói. É horrível. Eu sei que parece que você não vai agüentar, mas agüenta. Sei que parece que vai explodir, mas não explode. Sei que dá vontade de abrir um zíper nas costas e sair do corpo porque dentro da gente, nesse momento, não é um bom lugar para se estar. Dor é assim mesmo, arde, depois passa. Que bom. Aliás, a vida é assim: arde, depois passa. Que pena. A gente acha que não vai agüentar, mas agüenta: as dores da vida. Pense assim: agora tá insuportável, agora você queria abrir o zíper, sair do corpo, encarnar numa samambaia, virar um paralelepípedo ou qualquer coisa inanimada, anestesiada, silenciosa. Mas agora já passou. Agora já é dez segundos depois da frase passada. Sua dor já é dez segundos menor do que duas linhas atrás. Você acha que não porque esperar a dor passar é como olhar um transatlântico no horizonte estando na praia. Ele parece parado, mas aí você desvia o olho, toma um picolé, lê uma revista, dá um pulo no mar e quando vai ver o barco já tá lá longe. A sua dor agora, essa fogueira na sua barriga, essa sensação de que pegaram sua traquéia e seu estômago e torceram como uma toalha molhada, isso tudo – é difícil de acreditar, eu sei – vai virar só uma memória, um pequeno ponto negro diluído num imenso mar de memórias. Levante-se daí, vá tomar um picolé, ler uma revista, dar um pulo no mar. Quando você for ver, passou. Agora não dá mesmo pra ser feliz. É impossível. Mas quem disse que a gente deve ser feliz sempre? Isso é bobagem. “É melhor viver do que ser feliz”. Porque pra viver de verdade a gente tem que quebrar a cara. Tem que tentar e não conseguir. Achar que vai dar e ver que não deu. Querer muito e não alcançar. Ter e perder. Tem que ter coragem de olhar no fundo dos olhos de alguém que a gente ama e dizer uma coisa terrível, mas que tem que ser dita. Tem que ter coragem de olhar no fundo dos olhos de alguém que a gente ama e ouvir uma coisa terrível, que tem que ser ouvida.Tem que ter coragem de olhar no fundo dos olhos de alguém que a gente ama e ouvir uma coisa terrível, que tem que ser ouvida. A vida é incontornável. A gente perde, leva porrada, é passado pra trás, cai. Dói, ai, doi demaais. Mas passa. Está vendo essa dor que agora samba no seu peito de salto agulha? Você ainda vai olhá-la no fundo dos olhos e rir da cara dela. Juro que estou falando a verdade. Eu não minto. Vai passar.

caio fernando abreu

"Tô me afastando de tudo que me atrasa, me engana, me segura e me retém. Tô me aproximando de tudo que me faz completo, me faz feliz e que me quer bem. Tô aproveitando tudo de bom que essa nossa vida tem. Tô me dedicando de verdade pra agradar um outro alguém. Tô trazendo pra perto de mim quem eu gosto e quem gosta de mim também. Ultimamente eu só tô querendo ver o ‘bom’ que todo mundo tem. Relaxa, respira, se irritar é bom pra quem? Supera, suporta, entenda: isento de problemas eu não conheço ninguém. Queira viver, viver melhor, viver sorrindo e até os cem. Tô feliz, to despreocupado, com a vida eu to de bem."

Caio Fernando Abreu.

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Re-Amar

"Olha, eu sei que o barco tá furado e sei que você também sabe, mas queria te dizer pra não parar de remar, porque te ver remando me dá vontade de não querer parar também.Tá me entendendo? Eu sei que sim. Eu entro nesse barco, é só me pedir. Nem precisa de jeito certo, só dizer e eu vou. Faz tempo que quero ingressar nessa viagem, mas pra isso preciso saber se você vai também. Porque sozinha, não vou. Não tem como remar sozinha, eu ficaria girando em torno de mim mesma. Mas olha, eu só entro nesse barco se você prometer remar também! Eu abandono tudo, história, passado, cicatrizes. Mudo o visual, deixo o cabelo crescer, começo a comer direito, vou todo dia pra academia. Mas você tem que prometer que vai remar também, com vontade! Eu começo a ler sobre política, futebol, ficção científica. Aprendo a pescar, se precisar. Mas você tem que remar também. Eu desisto fácil, você sabe. E talvez essa viagem não dure mais do que alguns minutos, mas eu entro nesse barco, é só me pedir. Perco o medo de dirigir só pra atravessar o mundo pra te ver todo dia. Mas você tem que me prometer que vai remar junto comigo. Mesmo se esse barco estiver furado eu vou, basta me pedir. Mas a gente tem que afundar junto e descobrir que é possível nadar junto. Eu te ensino a nadar, juro! Mas você tem que me prometer que vai tentar, que vai se esforçar, que vai remar enquanto for preciso, enquanto tiver forças! Você tem que me prometer que essa viagem não vai ser a toa, que vale a pena. Que por você vale a pena. Que por nós vale a pena.
Remar.
Re-amar.
Amar."

Caio Fernando de Abreu

Desilusão!

" Vai passar, tu sabes que vai passar. Talvez não amanhã, mas dentro de uma semana, um mês ou dois, quem sabe? O verão está aí, haverá sol quase todos os dias, e sempre resta essa coisa chamada 'impulso vital'. Pois esse impulso ás vezes cruel, porque não permite que nenhuma dor insista por muito tempo, te empurrará quem sabe para o sol, para o mar, para uma nova estrada qualquer e, de repente, no meio de uma frase ou de um movimento te surpreenderás pensando algo assim como 'estou contente outra vez' "


Capitú!


“Lá está ela, mais uma vez. Não sei, não vou saber, não dá pra entender como ela não se cansa disso. Sabe que tudo acontece como um jogo, se é de azar ou de sorte, não dá pra prever. Ou melhor, até se pode prever, mas ela dispensa.
Acredito que essa moça, no fundo gosta dessas coisas. De se apaixonar, de se jogar num rio onde ela não sabe se consegue nadar. Ela não desiste e leva bóias. E se ela se afogar, se recupera.
Estranho e que ela já apanhou demais da vida. Essa moça tem relacionamentos estranhos, acho que ela está condicionada a ser uma pessoa substituta. E quem não é?
A gente sempre acha que é especial na vida de alguém, mas o que te garante que você não está somente servindo pra tapar buracos, servindo de curativo pras feridas antigas?
A moça…ela muito amou, ama, amará, e muito se machuca também. Porque amar também é isso, não? Dar o seu melhor pra curar outra pessoa de todos os golpes, até que ela fique bem e te deixe pra trás, fraco e sangrando. Daí você espera por alguém que venha te curar.
Às vezes esse alguém aparece, outras vezes, não. E pra ela? Por quem ela espera?
E assim, aos poucos, ela se esquece dos socos, pontapés, golpes baixos que a vida lhe deu, lhe dará.
A moça – que não era Capitu, mas também têm olhos de ressaca – levanta e segue em frente.
Não por ser forte, e sim pelo contrário… Por saber que é fraca o bastante para não conseguir ter ódio no seu coração, na sua alma, na sua essência. E ama, sabendo que vai chorar muitas vezes ainda. Afinal, foi chorando que ela, você e todos os outros, vieram ao mundo.”

(Caio Fernando Abreu)

Declaração!


Olá,

Tudo bem? Meu nome é Karina, tenho 28 anos, trabalho numa escola particular no bairro Teresópolis, tenho dois filhos lindos, duas crianças que brincam, que riem, que choram e que fazem birras, mas que são extremamente doces. Moro sozinha cm eles, mas meus pais me ajudam muito, e com isso ainda devo satisfações da minha vida a eles. Sou uma mulher determinada, que já passou por mts coisas doloridas, com amizades, amores e familiares, hj lido bem melhor cm as dificuldade e nunca prolongo o sofrimento, ñ tenho mais facilidade em chorar quando me desiludo, mas choro mt quando sinto saudades, quando vejo algo na TV ou quando vejo alguém está emocionado, choro facilmente nessas situações, mas não quando o assunto é o meu coração. Não sou de falar o que sinto, mas falo o que penso, quando me dá liberdade. Sou dedicada, amiga, compreensiva, mas em diversas vezes, quase sempre, sou muito pessimista, e isso gera uma tristeza que só eu a conheço, ninguém nunca vai me ver passar por isso, pois não tenho o hábito de dividir meus problemas, ao mesmo tempo, divido as situações do meu dia-a-dia cm diversas pessoas que me ajudam mt, me entrego, me atiro intensamente, mas com mt mais tempo de cautela qt antigamente, e hj consequentemente sofro menos. Espero sim, achar o meu príncipe encantado, a minha cara-metade, pois é algo necessário na minha situação de vida, não quero um pai para os meus filhos, mas gostaria, principalmente para o meu pequeno, alguém que fosse referência masculina pra ele, que pudesse me acompanhar nos lugares, nas festinhas, nos parques e tudo mais, ñ é fácil lidar cm isso sozinha, e confesso que eu sempre pensei em sim criá-los sozinha, mas hj depois de iniciar essa caminhada de morar sozinha, vi que é mais difícil que eu pensava e que vou precisar me entregar a alguém que me complete e complete minha família.
Acredito que sou diferente das outras mulheres, e quero ser diferente das outras mulheres, não quero ser ciumenta, mas tbm não tão liberal, não quero ser controladora, mas também não relapsa, não quero ser sensível, mas também não fria, e quero muito o respeito, respeito entre o casal, respeito com o passado, mas não vivê-lo no presente, não tenho crises de ciúmes e não levanto a minha voz, prefiro o olhar objetivo, do que a palavra errada, quando não se pode olhar, se usa a cautela, sou a impulsiva, sou a sonhadora, sou a que vive no mundo da lua, sou a que tenho muitos planos na minha vida, sou a que planeja muito, sou a que ama as pessoas com seus defeitos e suas qualidades, e não tenta moldá-las da forma que eu gostaria, as incentivo a mudança e sempre de acordo com o que cada um pensa, sou companheira, não tenho frescuras em conversar sobre o que for, e quando me disponibilizo, eu corro atrás do que quero e pego junto SEMPRE que necessário, sou extremamente orgulhosa, pouco corra atrás das pessoas, se corro é pq eu acredito na relação. Gosto mt de música, gosto de sair, gosto de ficar em ksa ouvindo música e sou desorganizadinha, sou agradável de se conviver e gosto de conviver em harmonia. Sou uma pessoa que ama a vida e tem muito mimo, muito carinho, muito amor pra dar, gosto dos prazeres, gosto de sentir prazer, mas também gosto muito de dar prazer, gosto de ficar sentada venod o por-do-sol e gosto de ouvir os barulhos das ondas cedo da manhã na beira da praia, gosto de agitações, mas também gosto de ficar sossegada, sonho em morar na praia e viver para ajudar o próximo, gostaria de ter muito mais dinheiro para poder dar tudo que meus filhos precisam sem pedir nada pra ninguém, gostaria de ter um carro, gostaria de ter mais liberdade, mas amo a liberdade que tenho, gostaria de estudar inglês, francês e italiano, gostaria de tocar piano. Gostaria de ser fashionista, estilista e artista, mas amo o que eu sou, mãe, companheira, apaixonada, querida e cheia de alegrias, mas tbm sou uma mulher determinada, realista e isso me atrapalha muito e que sofro por antecipação. Me interessei muito por ti, muito mesmo, e acredito que posso te fazer muito feliz, pois te encaixas na pessoa que eu gostaria que tivesse do meu lado, com todos os teus defeitos, com todos os teus problemas, com todos os teus amigos e amigas, com toda a tua família e com tudo que tu é que é com tudo que tu pode ser do meu lado, e eu posso ser do teu...
Então se quiseres me conhecer melhor e conquistar comigo coisas lindas, passando pelos obstáculos, sentimentos negativos, e confusões do coração..entra em contato por este e-mail, ou pelo telefone.

um beijo...